cirurgias

Catarata e implante de lente

A catarata é caracterizada pela opacificação do cristalino. Com esta alteração, que freqüentemente é progressiva, a imagem passa a chegar na retina com menor nitidez. Graças aos avanços tecnológicos, hoje é possível realizar a cirurgia da troca do cristalino opaco por uma lente intra-ocular nova e transparente.  As lentes intra-oculares multifocais ajudam os pacientes a ter uma boa visão de longe e perto sem a necessidade de  óculos na maioria  dos  casos.
Essa  alteração, que freqüentemente é progressiva, especialmente após os 55 anos de idade. Devido à catarata imagem passa a chegar na retina com menor nitidez, gerando flutuação na qualidade da visão, sensação de embaçamento em algumas condições de iluminação e dificuldade progressiva para dirigir à noite. Graças aos avanços tecnológicos, hoje é possível realizar a cirurgia da troca do cristalino opaco por uma lente intra-ocular nova e transparente.  As lentes intra-oculares multifocais ajudam os pacientes a ter uma boa visão de longe e perto sem a necessidade de  óculos na maioria  dos  casos.
O tratamento da catarata é essencialmente cirúrgico e consiste na remoção do cristalino com catarata. Atualmente, as técnicas estão mais modernas e seguras, garantindo uma recuperação extremamente rápida. A moderna técnica de facoemulsificação consiste na quebra e aspiração do cristalino através de uma micro-incisão (de dois milímetros), aumentando a segurança do procedimento. Após a remoção do cristalino opaco, é implantada a  lente intra-ocular dobrada em um cartucho especial, que penetra no olho pela mesma micro-incisão utilizada para remover o cristalino. A cirurgia de catarata com a micro-incisão permite uma rápida recuperação da visão, sem a necessidade de pontos.
Antigamente era necessário esperar a catarata ficar "madura", ou seja, avançada, para a realização da cirurgia. Hoje em dia, com as modernas técnicas e aparelhos, a cirurgia é indicada nas fases iniciais da catarata, pois o procedimento torna-se muito mais seguro e com melhores resultados pós-operatórios, devido à menor lesão aos tecidos, se comparado com as cirurgias realizadas nas cataratas densas e avançadas. Além disso, o tempo de recuperação é menor quando a cirurgia da catarata é realizada nos estágios iniciais.
A cirurgia dura em média 15 minutos e é realizada com anestesia tópica (realizada através de colírio anestésico), acompanhada de sedação por médico anestesista. Os pacientes ficam completamente confortáveis durante todo o procedimento. Na cirurgia de catarata não são necessários pontos e a recuperação da visão é quase imediata. Os pacientes podem retornar às suas atividades profissionais em poucos dias. Toda a medicação pós-operatória é à base de colírios.
Quanto aos tipos de lentes intra-oculares (LIOs), podemos dividir didaticamente em dois grupos: as monofocais e as multifocais. As monofocais  resolvem o problema da opacidade do cristalino, mas não resolvem a dependência de óculos. Já as multifocais, além de resolver a opacidade que impedia que a luz chegasse com clareza à retina, entrega independência de óculos em cerca de 90% dos pacientes na maioria das atividades como dirigir, assistir TV, ler, utilizar computador e telefone celular.
 

COLL - CLINICA DE OLHOS - DR. LUIZ LANI
© Todos os direitos reservados.

RESPONSÁVEL TÉCNICO
Dr. Luiz Alexandre Lani - CRM/MS 3346

Avenida Afonso Pena, nº 4254 Jardim dos Estados
Campo Grande-MS

Site Desenvolvido por: